• Mulher
  • Homem
  • Mamã e Bebé
  • Espaço Animal
Click for more products.
No produts were found.

Assaduras em bebés: Uma abordagem abrangente sobre sintomas, causas e tratamentos

Bebés e Crianças

As assaduras são uma irritação comum na área da fralda que afeta muitos bebés. Caracterizada por vermelhidão, inflamação e desconforto na pele sensível, as assaduras podem ser causadas pela exposição prolongada à humidade, fricção, sensibilidade da pele ou até mesmo por infecções fúngicas.

Neste artigo vamos descrever uma assadura, falar das principais causas no aparecimento da mesma, discutir as particularidades da assadura em diferentes faixas etárias (como no recém-nascido, em bebés que começaram a comer alimentos sólidos ou ainda em bebés em fase de desfralde).

Vamos também falar-lhe de como resolver estas situações chatas que tanto incomodam bebés e pais também. Incluímos também a possibilidade de resolução mais difícil que é quando a assadura é devido a infecção por fungo. E como sempre, deixamos as nossas melhores recomendações! Leia que não irá arrepender-se!


Assaduras, essas malditas “prendas”!


A assadura do bebé é uma irritação da pele que ocorre na região da fralda. Também conhecida como dermatite da fralda, é uma condição comum que afeta muitos bebés em diferentes contextos. A assadura pode surgir por vários motivos mas os mais comuns incluem:

- humidade: A principal causa da assadura é a exposição prolongada à humidade causada pela urina e pelas fezes presentes na fralda. A humidade cria um ambiente propício para a irritação da pele e maceração da zona;
- fricção: O atrito entre a pele do bebé e a fralda pode causar irritação e inflamação;
- sensibilidade da pele: Alguns bebés têm a pele mais sensível e são mais propensos a desenvolver assaduras;
- diarreia: A diarreia aumenta o risco de assaduras, pois a pele é exposta a fezes mais ácidas e frequentes.

Os sintomas mais comuns são vermelhidão na área coberta pela fralda, pele inflamada, irritada ou com bolhas (poderão conter líquido), desconforto e/ou dor ao toque ou durante a troca de fralda, aumento do choro ou irritabilidade do bebé devido à dor ou desconforto.

Conheça as particularidades da assadura em diferentes faixas etárias

. Assadura no recém-nascido:

Os recém-nascidos são mais propensos a desenvolver assaduras devido à pele delicada e sensível.

Fatores como fraldas frequentes, exposição a fezes e urina por longos períodos, bem como o atrito constante das fraldas, podem contribuir para a ocorrência de assaduras nessa faixa etária. Recomenda-se trocar as fraldas com frequência e utilizar produtos suaves para limpar a área.

É essencial secar cuidadosamente a pele antes de colocar uma fralda nova e aplicar uma pomada de barreira para ajudar a proteger a pele contra a humidade.


. Assadura de bebés que começaram a comer alimentos sólidos:

À medida que os bebés começam a introdução de alimentos sólidos, as fezes podem tornar-se mais ácidas ou causar alterações na consistência. Isso pode levar a uma maior irritação da pele e aumento do risco de assaduras. Além disso, certos alimentos, como frutas cítricas ou alimentos condimentados, podem agravar as assaduras em alguns bebés.

É importante observar a reação do bebé a diferentes alimentos e ajustar a dieta, se necessário. Manter uma boa higiene, trocar fraldas com frequência e aplicar uma pomada de barreira após as trocas também são medidas importantes.


. Assadura de bebés em fase de desfralde:

Durante a fase de desfralde, quando os bebés começam a usar menos fraldas ou até mesmo ficarem sem elas durante o dia, as assaduras podem ocorrer devido ao aumento do tempo em que a pele fica exposta à humidade ou fricção.

É importante oferecer intervalos regulares para que a pele respire e seque adequadamente. Além disso, ensinar o bebé a comunicar a necessidade de usar o pote pode ajudar a reduzir a ocorrência de assaduras durante essa fase.

Independentemente da faixa etária, é fundamental estar atento aos sinais de desconforto do bebé, como irritabilidade ou choro durante a troca de fraldas, vermelhidão intensa ou erupção cutânea. Normalmente essa zona fica muito vermelha e com aspeto de tecido aberto e poderá, hipoteticamente, apresentar líquido.

O bebé torna-se, também, intolerante ao toque nessa zona e resistente à mudança da fralda, chorando.

Como tratar este assunto sem se ficar uma pilha de nervos.

Antes de tudo é importante que os pais se mantenham calmos, uma vez que há muito choro à mistura. Depois é necessário alterar rotinas de cuidado ao bebé, nomeadamente:

. Troque as fraldas com frequência: Mantenha a pele do bebé limpa e seca, trocando as fraldas assim que estiverem molhadas ou sujas. Assim o tempo de contacto da pele com estes detritos é menor;
. Aposte na limpeza suave: Use água morna e compressas humedecidas suaves para limpar a área da fralda. Evite friccionar a pele, pois isso pode aumentar a irritação;
. Deixe a pele respirar: Dê ao bebé tempo sem fralda para que a pele possa respirar e recuperar-se. Coloque uma toalha ou pano absorvente por baixo do bebé para evitar “acidentes”;
. Aplique uma pomada de barreira: Use uma pomada de óxido de zinco ou outra pomada de barreira recomendada para ajudar a proteger a pele do bebé contra a humidade e a fricção com a fralda;
. Escolha fraldas adequadas: Opte por fraldas de boa qualidade, que sejam absorventes e que se ajustem corretamente ao bebé, e de preferência sem composição plástica.

5 medidas de conforto ao bebé com assadura que não vai querer perder!

Além dos cuidados básicos de prevenção e tratamento das assaduras do bebé, existem algumas medidas de conforto que podem ajudar a aliviar o desconforto causado pela irritação da pele. Passamos a enumerá-las:

1. Banho morno: Dar um banho morno no bebé pode proporcionar alívio à pele irritada. Certifique-se que usa água morna, evitando temperaturas muito altas, e use um produto suave e sem fragrância para limpar delicadamente a área afetada.
2. Uso de compressas frias: Aplicar compressas frias na área afetada pode proporcionar alívio e reduzir a inflamação. Pode usar uma compressa fria, uma toalhinha limpa e húmida em água fria ou até mesmo uma fralda de pano úmida e refrigerada.
3. Roupas soltas e de tecido respirável: Opte por roupas soltas e feitas de tecidos naturais, como algodão, que permitem a circulação de ar na área da fralda. Evite roupas justas ou de materiais sintéticos que possam aumentar a irritação da pele.
4. Pomada calmante: Além da pomada de barreira para proteger a pele, também se pode considerar o uso de pomadas ou cremes específicos com propriedades calmantes, como aloe vera ou calêndula. Esses ingredientes podem ajudar a aliviar a comichão e a inflamação da pele.
5. Conforto emocional: Durante esse período desconfortável, lembre-se de oferecer ao seu bebé conforto emocional adicional. Acalme-o com abraços, carinhos e palavras gentis, que podem ajudar a distrair do desconforto físico.

Oh, nao!!! Temos uma assadura severa!


Já fez de tudo e a assadura teima em não ceder. Provavelmente é uma assadura severa que está associada a um crescimento de fungos, como a Candida albicans e é importante tomar medidas adicionais para tratar a infecção fúngica. Neste caso é crucial o uso de pomadas antifúngicas.

Recomenda-se uma pomada antifúngica que contenha ingredientes como nistatina, clotrimazol ou miconazol. Estas pomadas deverão ser alternadas com as pomadas de muda da fralda para que haja regeneração simultânea da pele.

Quanto às medidas de conforto elas mantêm-se neste cenário devendo-se aumentar a frequência da muda da fralda, utilização de fraldas isentas de plástico, líquidos de higiene suaves e faça períodos sem fralda para que a pele consiga “respirar”.

Também é importante lavar as roupas e fraldas separadamente: Ao lidar com uma infecção fúngica, é recomendado lavar as roupas e fraldas do bebé separadamente para evitar a propagação dos fungos.

Use água quente e detergente adequado para eliminar os fungos presentes nas roupas. Após iniciar o tratamento, é importante acompanhar o progresso da assadura e a resposta ao medicamento antifúngico. Se não houver melhoria dentro de alguns dias ou se a assadura piorar, entre em contato com o médico para reavaliação e possíveis ajustes no tratamento.

As nossas recomendações S.O.S. Assadura

- Água termal para acalmar a zona da fralda

Avène Água Termal Spray 50ml

- Cutalgan para quando há muito prurido

A-Derma Cutalgan Spray Refrescante Calmante 100ml

- Spray Cicalfate para lesões com líquido

Avène Cicalfate+ Spray 100ml

- Toalhetes à base de água

Bambo Nature Toalhitas 80 unidades

- Fraldas sem plástico

Bambo Nature Fraldas (vários tamanhos)

- Para limpeza suave

Uriage Bebé 1º Água de Limpeza 500ml

- Creme de barreira para tratamento de assadura simples

Isdin Nutraisdin Baby Naturals ZN 40 Pomada Reparadora 50ml

- Creme de tratamento para assadura severa

Uriage Bebé 1º Creme Muda de Fralda 100ml

A nossa ajuda está à distância de um clique!


Oferecemos uma experiência de compra fácil e segura na nossa loja online e estamos sempre disponíveis para ajudá-l@ com quaisquer dúvidas ou perguntas que possa ter. Não hesite em contactar a nossa equipa de especialistas!